Últimas Notícias


sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Governo de Goiás investe R$ 2 mi na implantação do Distrito Agroindustrial de Piracanjuba

Obras devem ser iniciadas ainda no primeiro semestre de 2020



O Governo de Goiás, por meio da CODEGO, vai investir R$ 2 milhões na implantação da primeira etapa do Distrito Agroindustrial de Piracanjuba, cidade a 87 quilômetros de Goiânia, ainda no primeiro semestre deste ano.
A boa nova foi anunciada nesta quinta-feira, dia 20, pelo presidente da Companhia, Marcos Cabral, em entrevista à Rádio Vale FM. De acordo com Cabral, o recurso já está em caixa e a iniciativa visa atender a uma antiga demanda da população da cidade.

“O governador Ronaldo Caiado quer implementar os polos industriais primeiro onde o Estado já tem as áreas. E é o caso de Piracanjuba. Nós já aprovamos no Conselho Administrativo e já está em nosso Plano Plurianual (PPA) o investimento em infraestrutura para Piracanjuba, com pavimentação asfáltica, meio-fio, energia elétrica, estações de tratamento de água (ETA) e esgoto (ETE). O município tem uma ótima localização e tem um imenso potencial. Por isso vamos fazer todos os esforços possíveis. Queremos oportunizar as famílias e retomar o crescimento do município”, ressaltou o gestor.

Ex-prefeito de Piracanjuba, o deputado estadual Amauri Ribeiro fez questão de cumprimentar o Governo de Goiás pelo investimento na cidade, pontuando que a implementação do polo industrial representa um grande passo para a cidade rumo ao desenvolvimento.

“Já é certa a criação do novo parque industrial aqui em Piracanjuba. E por isso eu quero agradecer também ao governador Ronaldo Caiado pelos R$ 2 milhões e também ao presidente da CODEGO, Marcos Cabral. Um sonho de Piracanjuba que se tornará realidade. É um grande passo para o nosso município”, frisou o parlamentar.

Dano ambiental


Ao vistoriar uma das duas áreas que a estatal possui em Piracanjuba, acompanhado do corpo técnico, financeiro e jurídico da estatal, além de Amauri Ribeiro, Marcos Cabral verificou que uma das áreas que a CODEGO possui na cidade apresenta uma grande cratera, possivelmente provocada pela retirada de terra do local. “Nosso departamento jurídico tomará as providências necessárias para que a questão seja resolvida o quanto antes e que as responsabilidades legais sejam imputadas àqueles que assumiram as consequências de suas ações”, avaliou Cabral.

Autor de uma ação popular que visa sustar a cessão da área repassada irregularmente a terceiros, Amauri Ribeiro enfatizou que a própria justiça já reconheceu liminarmente a improbidade administrativa cometida nas gestões passadas e que lutará intensamente para que a questão seja revertida o quanto antes.

“Quando prefeito, fiz o que pude para rever essa irregularidade gritante, e como deputado continuarei a lutar incansavelmente até que a CODEGO retome definitivamente essa área e inicie esse distrito, que tanto será positivo à comunidade”, finalizou o parlamentar.

A Companhia de Desenvolvimento de Goiás (CODEGO) é uma empresa de economia mista sob controle acionário do Estado e tem por objetivo a promoção do desenvolvimento econômico mediante o desempenho de atividades de fomento para diversificação da economia, geração de empregos e renda e preservação do meio ambiente.

Mais informações: (62) 3604-1315/3604-1309


Fonte: Governo de Goiás


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG