Últimas Notícias


quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Mais de R$ 57 milhões serão investidos para reformar escolas

Recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola Goiás serão utilizados para ampliação, adequação de salas modulares e pequenas reformas


O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), está investindo R$ 57.275.000 em reformas da rede estadual de ensino. O Programa Dinheiro Direto na Escola Goiás (PDDE – GO) consiste na destinação de recursos do tesouro estadual para todas as Coordenações Regionais de Educação (CREs), com o objetivo de ampliar unidades escolares, adequar salas modulares e reformar CREs.

O superintendente de Gestão, Planejamento e Finanças da Seduc, Etel de Souza Júnior, explica que o PDDE – GO será importante para a reativação de uma série de projetos nas áreas de infraestrutura.  “Podemos dizer que essa é uma ação de peso que vai nos permitir fazer adequações, resolver problemas estruturais e realizar pequenas reformas que são pendências históricas”, destaca o superintendente. Etel de Souza Júnior acredita que 2020 será um ano muito profícuo, com a realização de muitas obras simultâneas.

A distribuição dos recursos vai seguir os seguintes critérios, que atenderão, na soma deles, todas as escolas de todas as CREs:

    Ação 1: Execução de projetos de infraestrutura que estavam prontos, à espera de recursos
    Ação 2: Reforma e ampliação de unidades escolares com melhor desempenho em 2019
    Ação 3: Reforma em escolas com menor desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)
    Ação 4: Adequação de salas modulares no entorno do Distrito Federal (DF)
    Ação 5: Pequenos reparos em unidades escolares que não puderam participar do programa Reformar Goiás
    Ação 6: Reforma de CREs
    Ação 7: Destinação de recursos emergenciais para cada unidade escolar, no valor de R$ 2.000, para ser utilizado ao longo de 2020


A aplicação dos recursos das ações 2, 3 e 6 será feita mediante licitação, após vistorias e elaboração de projetos de infraestrutura, por parte da Seduc, como explicou o superintendente.

Confira o número de unidades escolares atendidas em cada ação do PDDE-GO e quanto será investido em cada frente do programa:

    Ação 1: 21 unidades escolares e 3 CREs (Investimento: R$ 5.348.000)
    Ação 2: 12 unidades escolares (Investimento: R$ 2.400.000)
    Ação 3: 120 unidades escolares (Investimento: R$ 39.600.000)
    Ação 4: 10 unidades escolares de Águas Lindas e Luziânia (Investimento: R$ 170.000)
    Ação 5: 51 unidades escolares (Investimento: R$ 1.403.000)
    Ação 6: 37 CREs (Investimento: R$ 6.150.000)
    Ação 7: 1.102 unidades escolares (Investimento: R$ 2.204.000)



Comunicação Seduc


Fonte: Governo de Goiás

fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG