Últimas Notícias


sexta-feira, 13 de março de 2020

Entenda por que o Lollapalooza ainda não foi adiado por causa do coronavírus

Time For Fun ainda não se pronunciou sobre adiamento por causa do coronavírus. Lollapalooza deve ser adiado para o segundo semestre

Festival Lollapalooza no Brasil (Foto: Reprodução)


As edições sul-americanas do Lollapalooza, em Argentina, Chile e Brasil estão adiadas, em meio à pandemia do novo coronavírus. Mas, enquanto nos países próximos a suspensão já foi anunciada, no Brasil, ainda não há pronunciamento oficial da Time For Fun, que organiza o evento.

Como têm escalações quase idênticas, as três edições do festival não vão acontecer em épocas diferentes. Isso porque, segundo pessoas ligadas à organização do Lollapalooza, os custos para trazer nomes como Guns N’ Roses, Travis Scott, The Strokes e Lana Del Rey duas vezes ao continente inviabilizaria a realização do festival.

Assim, a edição de 2020 do Lollapalooza Brasil, previamente marcada para os dias 3, 4 e 5 de abril, no Autódromo de Interlagos, deve acontecer no segundo semestre deste ano, junto a Argentina e Chile.

Mas por que a Time For Fun ainda não anunciou o adiamento do Lollapalooza no Brasil por causa do coronavírus?

Diferente de Chile e Argentina, a recomendação em São Paulo ainda é a manutenção dos eventos culturais, conforme informou a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado em nota, nesta quinta (12).

No Chile, o governo já está indicando a suspensão de eventos que reúnem milhares de pessoas como medida para frear o avanço do coronavírus. Na Argentina, o prefeito de San Isidro –município na região metropolitana de Buenos Aires onde aconteceria o festival–, Gustavo Posse, tuitou que a cidade cancelou todos os eventos culturais que aconteceriam nos próximos dias por causa do coronavírus.

Em Chile e Argentina, portanto, a organização do festival está acatando as recomendações das autoridades, enquanto no Brasil a decisão do adiamento do Lollapalooza teria que partir diretamente do festival.


Lollapalooza pode ser cancelado por causa de coronavírus; festival ainda não se pronunciou


Além disso, a T4F no Brasil ainda está negociando com artistas, patrocinadores e autoridades para ter um posicionamento mais completo e alinhado.

A expectativa dos organizadores era de que os adiamentos por causa do coronavírus fossem anunciados simultaneamente com os outros países, mas Chile e Argentina se adiantaram após as recomendações das autoridades.

O Lollapalooza trabalha também para fazer o anúncio do adiamento já com uma data – ou, pelo menos, uma previsão – marcada no segundo semestre.

Além disso, a organização estuda como vai fazer com o reembolso dos ingressos, que devem continuar valendo para as novas datas.

Entre as principais atrações do Lollapalooza estão Guns N’ Roses, Travis Scott, The Strokes, Lana Del Rey, Gwen Stefani, James Blake, Vampire Weekend, Rita Ora, Charli XCX, Brockhampton, King Princess e Idles.

Esta semana, pesquisas sobre cancelamentos de eventos por conta da propagação do coronavírus no Google saltou seis vezes. A principal frase ou termo de busca na quarta (11) era “Lollapalooza cancelado”, que saltou 4050% nos últimos sete dias.


Coronavírus: Ator italiano fica ‘preso’ com corpo da irmã morta dentro de casa


Fonte: Mais Goiás

fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG