Últimas Notícias


sexta-feira, 13 de março de 2020

Escola infantil em Goiânia suspende aulas após psicóloga ser diagnosticada com coronavírus

Profissional está em isolamento domiciliar e não apresenta os sintomas da doença; ela esteve nos Estados Unidos antes do feriado de Carnaval

Foto: Reprodução


Leicilane Tomazini
Do Mais Goiás | Em: 13/03/2020 às 11:21:55


Uma psicóloga que presta serviço em uma escola de educação infantil, em Goiânia, foi diagnosticada com coronavírus. Por meio de nota, o Colégio Integrado de Educação Moderna (CIEM) comunicou que, por medida de segurança, decidiu suspender as aulas desta sexta-feira (13), para que o caso seja avaliado e para realização da limpeza e desinfecção de todas as dependências da escola.

A instituição explicou que a psicóloga viajou para os Estados Unidos antes do feriado do carnaval, entre os dias 16/02 e 03/03. “A profissional esteve na escola na quinta e sexta-feira seguintes. O trabalho desenvolvido pela profissional envolve atendimento individual e terapia de meditação em grupo. No entanto, como ela estava retornando na semana ao trabalho, não havia atendimentos individuais agendados”.

A direção reiterou que o trabalho realizado pela profissional no período foi o de meditação em grupo, feito sem contato físico com os alunos e por meio de comandos sonoros. “Em grande parte das salas, a profissional não adentrou, limitando-se a conversar com a professora na porta tomando nota sobre o desenvolvimento da turma e perguntando se havia algum aluno que necessitava de atendimento individual, que seria feito na semana posterior”, esclareceu. O colégio atende 680 alunos com idades entre 2 e 15 anos.

No momento, a psicóloga encontra-se isolada em casa e sem sintomas da doença. Ela informou que até seu retorno à Goiânia, o número de casos suspeitos nos Estados Unidos era baixo e o país não era considerado zona de contágio. Segundo ela, no final de semana seguinte, após o crescimento exponencial do número de casos de corona vírus nos Estados Unidos, sem apresentar sintomas, no entanto, decidiu procurar atendimento médico para realização de teste. A confirmação do diagnóstico ocorreu na quinta-feira (12).

O CIEM informou à reportagem que ainda não definiram sobre o retorno às aulas e que aguardam um posicionamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) a respeito do assunto.


Fonte: Mais Goiás


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG