Últimas Notícias


terça-feira, 17 de março de 2020

OVG e Governo suspendem atividades para idosos, adolescentes e universitários




A Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e o Governo do Estado suspenderam a partir desta segunda-feira, dia 16, o atendimento a idosos e adolescentes nos centros de convivência e Centro Dia. As atividades voltadas para os frequentadores do Centro de Adolescentes Tecendo o Futuro, Centro de Idosos Sagrada Família, Vila Vida, Espaço Bem Viver I e II foram canceladas temporariamente como forma de evitar o risco de contaminação pelo coronavírus.

As capacitações de voluntários, já programadas, e as contrapartidas presenciais da Bolsa Universitária também ficam suspensas. A direção da Bolsa estuda a possibilidade de oferecer mais cursos online, evitando qualquer prejuízo para os universitários. Os estudantes podem obter mais informações na Central de Informações do Aluno (62 3201-9351).

A determinação da OVG atende a orientações das autoridades sanitárias contidas no alerta do Ministério da Saúde, que estabelece medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do COVID-19, e pelos decretos emitidos pelo Governo do Estado de Goiás. As atividades serão retomadas assim que os casos da doença estiverem controlados, em Goiás e no país.

Benefícios


A Organização irá manter o atendimento que realiza na sede, no Setor Bueno, a pessoas de todo o Estado em situação de vulnerabilidade social e, também, a entidades sociais cadastradas na instituição, através do assessoramento e doações de benefícios como cadeiras de rodas, muletas, andadores, fraldas descartáveis, malhas compressivas e enxovais de bebê. O atendimento será das 9 às 16 horas.

A diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado, reforça que a instituição trabalha em parceria com o Governo de Goiás para evitar a disseminação do coronavírus. “Queremos proteger os frequentadores das nossas unidades, os voluntários e os bolsistas. Esperamos que a situação seja controlada o mais rápido possível para os nossos atendimentos voltarem ao normal”, afirma.

Mais informações: (62) 3201-9482


Fonte: Governo de Goiás

fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG