Últimas Notícias


sexta-feira, 10 de abril de 2020

Goiás tem redução de 100% em casos de roubo a bancos, aponta SSP

Indicadores criminais, referentes ao 1º trimestre deste ano, foram apresentados nesta quinta (9), pela SSP-GO. De acordo com os dados, feminicídios também apresentaram redução de 100% durante a quarentena.


Dados foram apresentados às autoridades pelo secretário Rodney Miranda, por meio de videoconferência (Foto: SSP-GO)



09/04/2020, 14h20


No primeiro trimestre de 2020, Goiás registrou redução em 100% de casos de roubo a bancos, conforme os indicadores criminais. Os dados foram apresentados nesta quinta-feira (9/4), pela Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO). Os crimes violentos como latrocínios e homicídios também tiveram queda de 54,55% e 20,20%, respectivamente.
Os dados foram apresentados às autoridades pelo secretário Rodney Miranda, por meio de videoconferência. De acordo com ele, os números seguem ritmo de 2019, “com aumento de operações da polícia, alta produtividade e redução da criminalidade.”
Além da redução em índices criminais, o órgão também ressaltou que houve um expressivo número de produtividade nas ações das forças de Segurança do Estado. Foram 2.588 prisões efetuadas, 6.327 prisões em flagrantes e 1470 armas apreendidas. Durante o período, o aumento em operações deflagradas foi de 40,27%; abordagens policiais aumentaram 1,79% e ações preventivas aumentaram 71,55%. Foram apreendidas 10 toneladas de drogas.

Segundo indicadores criminais, no 1º trimestre de 2020, não houve registro de roubo a bancos em Goiás

Os crimes letais intencionais tiveram redução de 21,02%, sendo que latrocínios caíram 54,55% e homicídios 20,20%. Os índices também apontam redução expressiva nos crimes violentos contra patrimônio, com destaque para roubo a bancos. Segundo a SSP-GO, não houve registro de roubo a instituição financeira em Goiás no primeiro trimestre de 2020.
Veja abaixo os indicadores:

  • Roubo a cargas: redução de 43,10%
  • Roubo a veículos: redução de 31,77%
  • Roubo a pedestres: redução de 9,48%
  • Roubo a comércios: redução de 7,65%
  • Roubo a residências: redução de 7,10%
  • Não houve registro de roubo a instituição financeira

Segundo SSP-GO, feminicídios apresentaram redução de 100% durante o período de isolamento social

Ainda conforme o secretário, com isolamento social para combater a propagação do coronavírus, o número de ocorrências também sofreu alterações. Dados do Corpo de Bombeiros , de 14 de março a 7 de abril, mostram que o número de resgates caiu 27,75% e, a quantidade de buscas e salvamentos caíram 16,03%.
Outros dados coletados entre 16 e 31 de março, mostraram que houve alteração em dados de violência doméstica contra mulher em Goiás. A redução de feminicídios foi de 100%, e reduções de 51,92% em ameaças e 25,92% em lesões corporais. O índice de estupros também registrou uma queda de 41,18%.

Ações durante a quarentena

O secretário ainda apresentou um balanço de dados de ocorrências realizadas, entre 13 de março e 8 de abril, em cumprimento ao decreto estadual. Foram fiscalizados fornecedores de álcool em gel, máscaras, produtos de cestas básicas, gás de cozinha, aplicativos de entrega e clínicas de vacinação contra H1N1.
“Nossa forças de Segurança são a linha de frente da política de isolamento social do governo do Estado. É a primeira barreira, para que os nosso profissionais da saúde não tenham uma explosão de trabalho e dê tempo dos governos se prepararem com mais leitos e mais equipes”, lembrou o secretário.
Confira os números:
  • Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO): 331
  • Auto de Prisão e Flagrante: 18
  • Inquérito Policial: 05
  • Ações de Conscientização (Bombeiros): 1.500
  • Ações de Fiscalização (Procon Goiás)
  • Autos de Infração: 128
  • Notificações: 316


Via: Dia Online

fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG