Últimas Notícias


segunda-feira, 20 de abril de 2020

Goiás ultrapassa a marca de 400 casos confirmados de coronavírus

Estado de Goiás contabiliza 403 casos confirmados de coronavírus, como também já soma 19 óbitos pela doença. Também existem 6.699 casos em investigação.






20/04/2020, 16h53



Os casos confirmados do novo coronavírus (covid-19) no Estado de Goiás aumentaram para 403, nesta segunda-feira (20/4), segundo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO). No último domingo (19/4), eram 393 casos confirmados. Ou seja, houve um aumento de 10 casos confirmados em 24 horas.
Também aumentaram o número de óbitos confirmados: 19. Em Goiás, há 6.699 casos suspeitos em investigação. Outros 2.064 já foram descartados.
Os casos confirmados foram registrados nos municípios de:
  • Águas Lindas de Goiás (3);
  • Aloândia (1);
  • Anápolis (34);
  • Anhanguera (1);
  • Aparecida de Goiânia (12);
  • Aragoiânia (1);
  • Bela Vista de Goiás (1);
  • Bom Jesus de Goiás (1);
  • Caldas Novas (1);
  • Campestre (1);
  • Carmo do Rio Verde (1);
  • Catalão (1);
  • Ceres (2);
  • Cidade Ocidental (4);
  • Faina (1);
  • Formosa (4);
  • Goiandira (1);
  • Goianira (1);
  • Goianésia (24);
  • Goiânia (230);
  • Goiatuba (1);
  • Guapó (1);
  • Inhumas (1);
  • Itaguaru (2);
  • Itumbiara (8);
  • Jataí (4);
  • Luziânia (10);
  • Montividiu (1);
  • Nerópolis (1);
  • Nova Glória (1);
  • Nova Veneza (1);
  • Paranaiguara (1);
  • Paraúna (1);
  • Pires do Rio (3);
  • Planaltina (1);
  • Professor Jamil (5);
  • Rialma (4);
  • Rio Verde (13);
  • Santo Antônio do Descoberto (1);
  • São Luís dos Montes Belos (2);
  • Senador Canedo (2);
  • Silvânia (1);
  • Trindade (5);
  • Valparaíso de Goiás (7) e;
  • Vianópolis (1).
Os 19 óbitos confirmados em Goiás são dos municípios de:
  • Aparecida de Goiânia (1);
  • Goiandira (1);
  • Goiânia (10);
  • Luziânia (2);
  • Paraúna (1);
  • Pires do Rio (1);
  • Professor Jamil (1);
  • Rio Verde (1) e;
  • Valparaíso de Goiás (1).
Por fim, existe, 21 casos confirmados internados. Destes, 6 estão em unidades públicas da rede estadual e 15 na rede privada. Há ainda 49 casos suspeitos e em investigação que encontram-se internados.

Novo decreto estadual flexibiliza comércio em meio ao coronavírus

Com o novo decreto publicado pelo Governo de Goiás, no último domingo (19/4), algumas atividades comerciais passaram a integrar o grupo de atividades essenciais no estado.
Além disso, a flexibilização liberou alguns comércios como:
  • atividades comerciais e de prestação de serviço mediante entrega e drive thru;
  • atividades de lava a jatos e lavanderias;
  • salões de beleza e barbearias;
  • e também empresas de vistoria veicular.
Apesar disso, continua proibida qualquer atividade que resulte em aglomeração de pessoas.
No entanto, para funcionamento, os estabelecimentos devem cumprir algumas regras, como:
  • impedir o acesso aos seus estabelecimentos de funcionários, consumidores e usuários que não estejam utilizando máscaras de proteção facial;
  • disponibilizar álcool gel para higienização das mãos;
  • garantir a distância mínima de dois metros entre os funcionários e etc.
Por fim, o novo decreto também dá autonomia aos Municípios goianos, que poderão sob sua responsabilidade sanitária, impor restrições adicionais ou flexibilizar as existentes para a abertura de atividades econômicas, sociais ou particulares. Ou seja, as Prefeituras podem decidir por fechar ou abrir novos estabelecimentos, desde que observadas as orientações das autoridades em Saúde.



Via: Dia Online


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG