Últimas Notícias


sexta-feira, 3 de abril de 2020

Gustavo Mendanha reassume Prefeitura de Aparecida de Goiânia

Médico havia prorrogado a licença do emedebista por mais 15 dias, a partir do dia 25 de março, mas não será necessário cumprir o prazo, pois ele "está totalmente recuperado e sem nenhuma sequela".


Foto: Rodrigo Estrela/Prefeitura de Aparecida de Goiânia



03/04/2020, 13h43



Após 41 dias de afastamento, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), retorna ao cargo efetivamente na próxima segunda-feira (6/4). Segundo o neurocirurgião Francisco Azevedo, responsável pelo tratamento do emedebista, ele está totalmente recuperado e sem nenhuma sequela.
O médico havia prorrogado a licença de Gustavo Mendanha por mais 15 dias, a partir do dia 25 de março, também por precaução devido a pandemia do coronavírus. No entanto, com base em novas avaliações, não será mais necessário cumprir o prazo.
O retorno ao trabalho na Cidade Administrativa da Prefeitura de Aparecida estava previsto para 9 de abril, agora ocorrerá no dia 6, três dias antes. Em uma rede social, Gustavo Mendanha comemorou a notícia e agradeceu a todos pelo apoio e orações.
Assista:




Gustavo Mendanha tem participado das decisões à distância

Conforme comunicado pela assessoria da Prefeitura de Aparecida de Goiânia, desde que foi decretado a pandemia por causa do novo coronavírus, Gustavo tem participado das decisões à distância sempre em contato com o prefeito em exercício, Veter Martins, e secretários municipais. Além disso, “Gustavo manteve nos últimos dias contato intenso com a população por meio das redes sociais com a realização de Lives e atendimento de demandas.”

Entre 1º e 8 de março, esteve à frente da Prefeitura de Aparecida, o presidente da Câmara Municipal, vereador Vilmar Mariano, e desde 9 de março, o prefeito em exercício é o vice-prefeito Veter Martins, que tem coordenado juntamente com o secretário de Saúde, Alessandro Magalhães, o Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus COVID-19 em Aparecida de Goiânia, que tem desde o início de seu funcionamento, em 16 de março, a participação membros da administração municipal e representantes da Câmara Municipal, Ministério Público, Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (Aciag), Conselho Municipal das Associações de Moradores (Camap) e hospitais da cidade.

Gustavo Mendanha foi afastado após diagnóstico de trombose

O emedebista foi diagnosticado com trombose venosa após ser internado, no dia 25 de fevereiro, no Hospital Santa Mônica. Em um vídeo, gravado após a internação, o prefeito disse que procurou a unidade médica após sentir fortes dores de cabeça.
Após os procedimentos médicos, o prefeito de Aparecida de Goiânia ficou em observação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até o dia 1º de março. Ele recebeu alta médica no dia 5 e desde então cumpre licença para dar continuidade no tratamento, mas em casa.

Via: Dia Online


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG