Últimas Notícias


quarta-feira, 27 de maio de 2020

“Não teve e não tem, nesse momento de pandemia, nenhuma alteração na tarifa de água”, garante presidente da Saneago

Ricardo Soavinski foi o convidado do governador Ronaldo Caiado na live Goiás Contra o Coronavírus desta terça-feira



Em live transmitida nesta terça-feira, 26, para as emissoras da Agência Brasil Central (ABC), junto com o governador Ronaldo Caiado, o presidente da Saneago, Ricardo Soavinski, afirmou que “não teve e não tem, nesse momento de pandemia, nenhuma alteração na tarifa de água no Estado”. Ele explicou que junho é o mês da revisão tarifária, mas até agora o que a companhia de saneamento de Goiás fez foi enviar uma metodologia para a agência reguladora, que foi aprovada.

Ele ponderou que, no meio de uma pandemia (e isso já foi tratado com o governador e com a agência reguladora), quando está suspenso o corte do fornecimento de água para os inadimplentes, não cabe um reajuste, uma revisão. “Quando passar a pandemia a gente trata do reajuste, do que for necessário. Mas agora não é o caso”, afirmou. Confira outros trechos da live, que teve a apresentação de Daniel de Paula.

Novos leitos de UTI


O governador Ronaldo Caiado informou que nesta quarta-feira, 27, estará em Porangatu. Na cidade localizada no Norte Goiano, em parceria com a Prefeitura local, vai abrir seis leitos de UTI no hospital para tratamento dos pacientes da Covid-19. Na próxima segunda-feira, 1º de junho, pretende abrir o Hospital de Campanha de Águas Lindas de Goiás. Mas explicou que esta unidade foi entregue pelo Ministério da Saúde sem os 40 leitos de UTI prometidos, mas equipado somente com a tubulação de oxigênio e as camas comuns. Na manhã de hoje, ele entregou seis leitos de UTI para o Hospital de Urgência de Trindade. As próximas metas são equipar também os Hospitais de Itumbiara e São Luís de Montes Belos.

Covid-19


Ao fazer um balanço dos novos leitos de UTI que está criando nas unidades hospitalares goianas, Caiado fez um apelo aos gestores municipais: “Por favor, não liberem (as atividades produtivas) de maneira escancarada, porque realmente o processo (de disseminação da Covid-19) é incontrolável”. Ele afirmou que o Estado está registrando uma curva crescente de casos da doença, que hoje atingiu o total de 2.671, já em um patamar de 150/200 novos casos por dia. “E para tristeza nossa, os óbitos ultrapassaram a casa dos 100, e já somam 104”, completou.

Futebol


O governador contou que participou de reunião com representantes da Federação Goiana de Futebol, de clubes e de entidades que representam os árbitros e os jogadores profissionais. Representantes do Atlético e Vila Nova querem retomar os treinos, já Goiás e Goiânia preferem aguardar a decisão da CBF. Ele lembrou que, em um treino de futebol, onde os jogadores não vão usar máscara, as gotículas projetadas uns nos outros podem ser prejudiciais à saúde. Falou também a respeito das academias, que por força de decisão judicial foram autorizadas a reabrir. Disse que nelas, um ambiente fechado e com sudorese, seria difícil manter os aparelhos higienizados.

Saneago


O presidente da Sanego, Ricardo Soavinski, afirmou que a companhia está seguindo todas as recomendações e cuidados sanitários em seus mais de 6 mil colaboradores. Foi elaborado um plano de contingência operacional e financeiro para esse momento de pandemia, pois o trabalho de suas equipes não pode parar. Ele falou também sobre a decisão de suspender o corte no fornecimento de água para os inadimplentes, tomada logo no início da pandemia. Contudo, solicitou que quem puder manter o pagamento em dia, deve fazê-lo, pois a receita da Saneago vem da tarifa. Admitiu que a companhia está preparando um programa de renegociação de débitos assim que passar esse problema de saúde pública.

Obras


Mesmo no meio da pandemia, a Saneago continua tocando suas obras, garantiu Ricardo Soavinski. Citou a grande obra das adutoras que vão ligar o sistema João Leite a Aparecida de Goiânia. “São quatro grandes contratos no valor total de R$ 70 milhões”, informou. A obra vai garantir o fornecimento de água à população aparecidense. Citou ainda obras da companhia em Anápolis, e da distribuição do reservatório de Corumbá IV, no Entorno de Brasília. “Mesmo em período de pandemia, com todos os cuidados necessários adotados pelas empreiteiras contratadas, nenhuma obra da Saneago parou”, garantiu.

A live está disponível na íntegra na página da TV Brasil Central no Facebook, em facebook.com/tvbrasilcentral/videos/711265952780325/​.



ABC Digital


Via: Governo de Goiás


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG