Últimas Notícias


quarta-feira, 27 de maio de 2020

Por videoconferências, Governo prossegue com assessoria aos consórcios de resíduos sólidos

Iniciativa tem o objetivo  de acelerar o fim dos lixões, causadores de problemas ambientais e de prejuízo à saúde pública



Na segunda quinzena do mês de maio, o Governo de Goiás, por meio da Goiás Parcerias, tem dado prosseguimento à assessoria técnica e jurídica aos consórcios intermunicipais de resíduos sólidos já constituídos e aos que estão em formatação, por meio de videoconferência.

Desde o início das medidas de segurança para conter o coronavírus, os atendimentos já ocorriam por contato telefônico e e-mail, em regime de teletrabalho. Foram, então, intensificados, neste mês, em reuniões online com prefeitos e representantes dos municípios que integram os consórcios.

Para a região Norte e Noroeste do Estado, o atendimento foi realizado, em videoconferência, no último dia 26, às prefeituras de Aruanã, Araguapaz, Faina, Mozarlândia e Nova Crixás. Ao lado de mais quatro municípios (Britânia, Mundo Novo, Santa Fé e São Miguel do Araguaia), já foi constituído um consórcio de resíduos sólidos para atender as exigência da Política Nacional de Resíduos Sólidos, e viabilizar a elaboração de projetos e execução de obras de aterros sanitários. Um plano regional de gerenciamento de resíduos sólidos foi iniciado pela equipe diretiva do consórcio e os procedimentos terão acompanhamento da equipe da Goiás Parcerias.

Na região Sudeste de Goiás, a assessoria foi prestada, no dia 22 de maio, às prefeituras de Orizona e Pires do Rio. O intuito é também formar um novo consórcio, com apoio dos municípios de  Palmelo, Santa Cruz de Goiás e Urutaí. Para isso, é realizada uma análise dos trâmites necessários e a diretoria técnica da Goiás Parcerias repassou aos municípios uma cartilha de orientação para o projeto de aterro sanitário para a região, de acordo com as exigências legais.

Já no último dia 21, foi a vez de ouvir os municípios de Rio Quente, Caldas Novas, Ipameri e Marzagão. Com a presença do presidente da Goiás Parcerias, Enio Caiado, as prefeituras avaliam a possibilidade da criação de um consórcio intermunicipal da região. A união dos municípios em formato de consórcio fortalece os projetos para o fim dos lixões no Estado de Goiás. "Seguimos com a determinação do governador Ronaldo Caiado de auxiliar todas as prefeituras goianas para adequação às medidas referentes aos resíduos sólidos", afirma o presidente da Companhia.

Comunicação Goiás Parcerias


Via: Governo de Goiás


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG