Últimas Notícias


terça-feira, 26 de maio de 2020

“Vamos mudar o conceito de Saúde em Goiás”, diz Caiado, ao falar do fim da 'ambulancioterapia' no Estado

Governador visitou a nova ala de UTIs do Hutrin, que recebeu seis leitos equipados com ventiladores pulmonares e monitores, que serão, a princípio, usados para tratamento de pacientes com Covid-19. Ele destacou o esforço que o governo faz para equipar hospitais do interior, com auxílio de emendas de parlamentares goianos



Comprometido com a regionalização da Saúde e com a oferta de atendimento de qualidade a pacientes de todas as regiões do Estado, o governador Ronaldo Caiado não tem medido esforços para otimizar e ampliar o sistema. Desde agosto de 2019, o governo vem transformando a gestão do Hospital de Urgências de Trindade, o Hutrin, que foi estadualizado para atender não só o município de Trindade, mas toda a região.

Nesta terça-feira, dia 26, Caiado esteve na unidade de saúde e visitou as novas instalações do hospital, que conta agora com seis novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs), equipados com ventiladores pulmonares e monitores multiparamétricos. “Em nosso governo, o dinheiro da saúde é para ser revertido em qualidade de saúde para a população. O goiano tem que ter direito a um atendimento médico de qualidade e não a uma ambulância para ser deslocado. Vamos mudar o conceito de Saúde no Estado de Goiás”, anunciou.

A transformação do Hutrin tem sido uma das metas do governo. Desde a sua estadualização o governador tem se dedicado a ampliar e qualificar o atendimento e, dentro desta perspectiva, os novos leitos de UTI são uma importante ferramenta. “Com esses seis leitos de UTI poderemos evoluir para cirurgias mais complexas, com uma retaguarda que garanta ao cirurgião e ao paciente qualidade de atendimento”, avaliou. Entretanto, sublinhou que, neste momento, as novas UTIs serão destinadas aos pacientes com quadros de Síndrome Respiratória Aguda Grave, provenientes da Covid-19.

Além de novos leitos de UTI, o Hutrin recebe outros benefícios advindos de emendas parlamentares. A deputada federal Flávia Morais destinou R$ 7,8 milhões para o hospital, sendo que R$ 4,8 milhões foram investidos na montagem das UTIs, e R$ 3 milhões para a ampliação da maternidade e do centro cirúrgico, que atualmente conta com apenas duas salas de cirurgia. A proposta do governo é qualificar e ampliar o número de cirurgias eletivas. Já o deputado estadual Dr. Antônio destinará recursos para compra de um tomógrafo à unidade.

Para o prefeito de Trindade, Jânio Darrot, a estruturação do Hutrin e ampliação do atendimento, abrangendo também casos de média e alta complexidade, são uma necessidade da região. “Era uma demanda, uma solicitação que tínhamos há vários anos e que, agora, está sendo implantada, na gestão do governador Ronaldo Caiado”, destacou.

Estadualização

Dentro desse processo de regionalização da Saúde em Goiás, o governador Ronaldo Caiado já estadualizou o hospital de Luziânia, inaugurado na última semana e que conta com 10 leitos de UTIs em funcionamento. Também já foram repassados para a administração do Estado os hospitais de Jataí, na região Sudoeste do Estado; de Itumbiara, no Sul; de São Luís de Montes Belos, na região Oeste; e o de Formosa, no Entorno do Distrito Federal. São unidades que estão sendo equipadas e preparadas pelo Governo de Goiás para fazer o atendimento de casos mais graves da Covid-19.

No município de Porangatu, uma parceria com a prefeitura da cidade possibilitará ainda a abertura de novos leitos para terapia intensiva. Além de Luziânia e Formosa, para beneficiar o Entorno, o Governo de Goiás deve abrir, na próxima segunda-feira (1º/06), o Hospital de Campanha de Águas Lindas com atendimento exclusivo para pacientes com coronavírus. A estrutura física foi entregue pelo governo federal ao Estado ontem (25/05). “A estrutura de regionalização será criada em Goiás, ela vai funcionar”, enfatizou o governador Ronaldo Caiado.

Participaram da solenidade de entrega e visita técnica às novas UTIs do Hutrin o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, deputado Lissauer Vieira, os deputados federais Flávia Morais e Zacharias Calil; os deputados estaduais Dr. Antônio, Hamilton Filho e Amauri Ribeiro; os secretários de Estado Ismael Alexandrino (Saúde) e Marcos Silva (Comunicação), assim como diretores do hospital e da Imed, Organização Social que administra o Hutrin.

Fotos: Junior Guimarães

Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás


Via: Governo de Goiás


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG