Últimas Notícias


quarta-feira, 3 de junho de 2020

Agrodefesa orienta sobre regras para movimentar bovinos e bubalinos



A movimentação de bovinos e bubalinos para as mais diversas finalidades precisa ser feita em conformidade com regras e normas sanitárias, como forma de impedir a difusão de doenças, garantir o transporte dos animais de modo correto e salvaguardar a economia do Estado. O alerta é do Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), aos produtores rurais, pecuaristas, transportadores, profissionais da medicina veterinária e demais pessoas que movimentam animais em todo o Estado.

Dentre as principais normas estão a obrigatoriedade de emissão de Guias de Trânsito Animal (GTAs), bem como a emissão de Nota Fiscal. Na questão sanitária, a movimentação de bovinos e bubalinos alinha uma série de exigências legais, tais como comprovação de vacinação de febre aftosa, atestado de vacinação contra brucelose para fêmeas entre três e oito meses de idade, exame negativo para tuberculose de animais com idade superior a seis meses para as finalidades de reprodução e eventos pecuários, etc. A Gerência de Fiscalização Animal da Agrodefesa elaborou roteiro com orientações sobre a forma correta de movimentar os animais. Confira.


Mais informações: (62) 3201-3546

Assessoria de Comunicação da Agrodefesa – Governo de Goiás


Via: Governo de Goiás


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG