Últimas Notícias


terça-feira, 23 de junho de 2020

Caiado comemora redução de tempo para abertura de empresas em Goiás

Caiado lembrou que o estado ocupava a 27ª posição no ranking do Ministério da Economia, e que subiu para a 3ª após informatização e integração de processos.

Foto: Reprodução


22/06/2020, 09h05



governador Ronaldo Caiado (DEM) comemorou no Twitter a posição do estado de Goiás no ranking que mede o tempo médio de abertura de empresas, elaborado pelo Ministério da Economia. Conforme os dados, Goiás é o terceiro estado menos burocrático e onde os cidadãos gastam menos tempo para a abertura de um negócio. Para Caiado, a posição no ranking se trata de “recuperação de credibilidade”.
Em uma publicação feita no último domingo (21/6) na rede social, Caiado lembrou que o estado ocupava a 27ª posição no ranking, e que subiu para a 3ª após informatização e integração de processos.
Veja a postagem abaixo:
“Quando o Estado recupera a credibilidade, dá nisso. Ao assumir o Governo, ocupávamos a 27ª colocação deste ranking. Mas, com muito trabalho, informatizamos e integramos processos, reduzimos a burocracia e ganhamos agilidade. Média de 1 dia e 12 horas para abrir uma empresa”.

Vale ressaltar que em relação ao último quadrimestre de 2019, a Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) teve uma diminuição de 41%, levando em média um dia e 12 horas para abrir uma empresa.

Dados do fechamento e abertura de empresas no Brasil

De acordo com dados do Ministério da Economia, no primeiro quadrimestre de 2020, foram abertas 1.038.030 empresas no Brasil, o que representa um aumento de 1,2% em relação ao último quadrimestre de 2019 e queda de 1,1% quando comparado com o primeiro quadrimestre de 2019.
No mesmo período, foram fechadas 351.181 empresas, uma queda de 6,6% no quantitativo de empresas fechadas se comparado com o último quadrimestre de 2019 e queda de 12% em relação ao mesmo período no ano anterior. Os resultados revelam um saldo positivo de 686.849 empresas abertas, com um número total de 18.466.444 empresas ativas.
O Boletim de Empresas foi apresentado na última semana pelo secretário Adjunto de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Gleisson Rubin; secretário de Governo Digital, Luis Felipe Salin Monteiro; e diretor do Departamento Nacional de Registro Empresarial e Integração (Drei), André Santa Cruz.


Via: Dia Online


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG