Últimas Notícias


terça-feira, 23 de junho de 2020

Começa valer nesta terça (23) o uso obrigatório de máscara em Goiânia

Fiscalização será feita pelos agentes da Guarda Civil Metropolitana. Em caso de flagrante, os guardas exigirão os dados pessoais e endereço para gerar o auto de infração. A multa chegará em casa.

Foto: Reprodução/Prefeitura de Goiânia



23/06/2020, 14h35



Começou a valer nesta terça-feira (23/6) o uso obrigatório da máscara em Goiânia. Quem for flagrado sem a proteção poder autuado e/ou multado em R$ 627,38. A obrigatoriedade consta no decreto municipal publicado no último dia 19, que foi suspenso por uma liminar na noite de domingo (21). Nesta segunda-feira (22), data que o decreto passaria a vigorar, a liminar foi derrubada.
De acordo com o decreto, a partir de hoje, é obrigatório o uso da máscara facial em todas as vias e espaços públicos, transportes públicos coletivos, estabelecimentos comerciais, industriais e espaços de prestação de serviço, inclusive em áreas comuns e dentro dos carros.
A Prefeitura de Goiânia explicou que a exigência é por tempo indeterminado, enquanto vigorar o estado de emergência no município, por conta do novo coronavírus.

Fiscalização do uso obrigatório de máscara em Goiânia será feita pela Guarda Municipal

Ainda de acordo com a gestão estadual, a fiscalização do uso obrigatório de máscara, em Goiânia, será feita pelos agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM).
Com o decreto, os agentes poderão fazer as abordagens. Em caso de flagrante, os guardas exigirão o fornecimento de dados pessoais e endereço para, posteriormente, gerar o auto de infração. Depois de ser formalizada por auditores fiscais do município, a multa chegará em casa.
O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia, Walison Moreira, reforçou que a obrigatoriedade da máscara é mais um reforço no combate à pandemia da covid-19. “Já está comprovado que o uso dela (máscara), se feito adequadamente e por todos, e mantendo a distância de outras pessoas, diminui bastante o risco de contágio pelo vírus”, ponderou.

Decreto libera shoppings e camelódromos em Goiânia

O decreto que entrou em vigor nesta terça-feira (23) libera a reabertura de shoppings, lojas e camelódromos na capital. Todos os estabelecimentos terão que disponibilizar álcool em gel 70% para higienização e pontos para a lavagem das mãos.
Podem reabrir, seguindo regras sanitárias, shoppings, galerias, camelódromos, centros comerciais, varejistas e atacadistas e espaços onde atuam profissionais liberais, em Goiânia.


Via: Dia Online


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG