Últimas Notícias


sexta-feira, 26 de junho de 2020

Prefeitura de Goiânia inicia ações de combate a aglomerações na Região da 44

Entre as medidas adotadas está o bloqueio de vias da região, com a proibição de estacionamento e da circulação de veículos



A Prefeitura de Goiânia dará início nesta sexta-feira (26/6) a uma série de ações na região da Rua 44, no Setor Norte Ferroviário, visando colocar em execução as medidas determinadas pelo Decreto Municipal nº 1.187/2020, publicado no último dia 19/6, para abertura do comércio na região. As ações serão realizadas em parceria com a Associação Empresarial da Região da 44 (AER), que também colocará em ação outros 23 protocolos sanitários de combate à propagação do Covid-19.

Como forma de controlar o acesso de pessoas ao local, uma das medidas adotadas a partir desta sexta-feira será a proibição de estacionamento de veículos ao longo da Rua 44 e da Avenida Contorno, bem como nas suas ruas internas do quadrilátero formado pelas ruas 44, 67-A e 302 e Marginal Botafogo. Nestas vias internas, serão instaladas barreiras impedindo também o tráfego de veículos, limitando o acesso local somente a pedestres e moradores da região.

De acordo com a secretária municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Zilma Campos Peixoto, o bloqueio tem por objetivo, sobretudo, impedir que veículos sejam utilizados irregularmente como depósitos de mercadorias.

“Um grande problema que enfrentamos na região é que muitos vendedores irregulares estacionam veículos nessas vias para servirem de depósito de mercadorias e pontos de venda. Eles aproveitam a permissão de estacionamento para ocupar o local. Com o bloqueio do tráfego de veículos nessas vias e o impedimento de estacionamento em outras, essa será uma prática que chegará ao fim na região”, destaca.

Outra medida tomada pela administração municipal será a intensificação das ações de fiscalização. A partir da próxima terça-feira (30/6), data estipulada para reabertura do comércio na região, o número de auditores fiscais e agentes de segurança pública no local ganhará reforço e passará a contar também com o apoio de agentes da Polícia Militar do Estado de Goiás.

“Estivemos reunidos com o comando da capital e acertamos uma ação conjunta na região. Com isso, além das equipes de auditores fiscais da Seplanh e SMT e agentes da Guarda Civil Metropolitana, o número de viaturas e agentes policiais na região será ampliado", afirma a secretária.

Outras medidas também serão tomadas visando garantir a salubridade e segurança dos comerciantes, trabalhadores, compradores e agentes públicos presentes na região. Em parceria com a AER44, serão instalados quatro pontos de apoio na Avenida Contorno e Rua 44 para orientação e aferição da temperatura dos pedestres que se deslocarem até o polo de confecção. Além disso, todas as pessoas terão suas temperaturas aferidas no momento que forem entrar nas lojas, galerias e shoppings da região.

“Essa é uma das medidas constantes na carta de intenções expedida pela AER44 para reabertura do comércio local e que, juntamente com outras definidas pela administração municipal, subsidiaram a flexibilização autorizada pelo Decreto n. 1.187. Todas essas medidas serão acompanhadas cotidianamente pela Central de Fiscalização do Covid-19, criada pela Prefeitura de Goiânia, e servirão de base para novas ações da gestão municipal no sentido de ampliar ou reduzir as medidas de flexibilização do comércio”, destaca a titular da Seplanh Goiânia. William Assunção, da editoria de Planejamento Urbano e Habitação


Via: Prefeitura de Goiânia


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG