Últimas Notícias


sexta-feira, 19 de junho de 2020

RedeMob deixa de gerir terminais e 271 profissionais são demitidos

O que mais aflige o RedeMob Consórcio é a recolocação de 130 profissionais que hoje prestam serviço nos terminais da Metrobus. Os outros 141 já serão absorvidos pela Cootego, HP Transportes, Rápido Araguaia e Viação Reunidas.

Foto: Reprodução



19/06/2020, 12h15


Após uma reunião realizada na noite da última quarta-feira (17/6), o Conselho de Administração do RedeMob Consórcio, composto pelas empresas concessionárias do sistema de transporte público de Goiânia e Região Metropolitana, decidiu deixar de gerir os terminais. Diante da medida, 271 profissionais foram demitidos.
Entretanto, dos profissionais demitidos, 141 já foram admitidos pela Cootego, HP Transportes, Rápido Araguaia e Viação Reunidas. Outros 130 que prestam serviços para a Metrobus permanecem sem empregos. “Lamentamos muito que o regime jurídico da Metrobus não permita que ela absorva esses 130 profissionais que terão que ser demitidos,” reflete Leomar Avelino, diretor executivo do RedeMob Consórcio.
A devolução dos terminais do sistema para as empresas, por parte da RedeMob, foi motivada pela grave perda de receita, uma vez que o Consórcio é uma entidade privada sem fins lucrativos, financiado por parte do faturamento das cinco empresas operadoras. “O consórcio, assim como as empresas, está enfrentando um momento muito difícil. Estamos passando pelo mesmo processo das concessionárias do serviço, com a queda de cerca de 70% na receita.” explica Leomar Avelino.

RedeMob deixa de gerir terminais; veja como ficará a administração

A partir do dia 1º de junho, os terminais de Goiânia e da Região Metropolitana serão geridos pela Cootego, HP Transportes, Rápido Araguaia, Viação Reunidas e Metrobus.

Todo custeio com monitoramento dos pontos de apoio operacional, por meio de câmeras integradas na CCO – Central de Controle Operacional e na Secretária de Segurança Pública, como forma da preservação de sinergia entre os processos de operação de transportes e segurança pública, permanece sob a responsabilidade do RedeMob Consórcio.
Caberá à Metrobus administrar, operar, fazer a manutenção, conservação, limpeza e segurança patrimonial dos seguintes terminais de integração e estações da RMTC:
  • Terminal Padre Pelágio
  • Terminal Dergo
  • Terminal Praça A
  • Terminal Praça da Bíblia
  • Terminal Novo Mundo
  • Terminal Trindade
  • Terminal Goianira
  • 19 Estações do Eixo Anhanguera
Caberá à Cootego, HP Transportes, Rápido Araguaia, Viação Reunidas, fazerem a administração dos seguintes terminais de integração da RMTC e pontos de apoio operacionais:
Terminais:
  • Cruzeiro
  • Vila Brasília
  • Araguaia
  • Cruzeiro
  • Maranata
  • Bandeiras
  • Parque Oeste
  • Goiânia Viva
  • Vera Cruz
  • Recanto do Bosque
  • Isidória
  • Nerópolis
  • Senador Canedo
Pontos de Apoio
  • Jardim Guanabara I
  • Estacionamento – Campus
  • Vale dos Sonhos
  • Aruana II
  • PA Campus
  • Praça da Bíblia/ Universitário
  • Parque Atheneu (Sala e estacionamento)
  • Parque Trindade
  • Morada Nova
  • Conjunto Vera Cruz
  • Dergo
  • PA Curitiba
Dia Online entrou em contato com a RedeMob e o espaço está aberto para manifestações.

Via: Dia Online


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG