Últimas Notícias


terça-feira, 23 de junho de 2020

Shoppings, camelódromos e galerias reabrem nesta terça-feira (23), em Goiânia

Após a suspensão da liminar que impedia a reabertura de parte do comércio, lojistas voltam a empenhar-se no cumprimento dos protocolos de saúde estabelecidos pelo decreto municipal

(Foto: Divulgação / Mega Moda)




Leicilane Tomazini
Do Mais Goiás | Em: 23/06/2020 às 10:22:57


Após a suspensão da liminar que impedia a reabertura de parte do comércio em Goiânia, na última segunda-feira (22), os lojistas voltam a se empenhar no cumprimento dos protocolos de saúde estabelecidos pelo decreto municipal. De acordo com a determinação, shoppings centers, camelódromos, galerias, centros comerciais, setores varejista e atacadista e os espaços onde atuam profissionais liberais poderão voltar a funcionar.

Os centros de compras na capital estão fechados há três meses, desde que o decreto estadual com medidas para conter a pandemia do coronavírus entrou em vigor. Para a reabertura foram estabelecidas várias medidas de prevenção, como uso obrigatório de máscaras, funcionamento em horário reduzido e acesso a apenas 30% da capacidade de clientes. Além disso, cada segmento deve adotar protocolos de acordo com sua necessidade. Veja a seguir:

Shopping centers
Para evitar contato físico, os shoppings da capital instalaram um sistema de automação, no qual as cancelas abrirão de forma automática, dispensando, portanto, a retirada de bilhete. Nas entradas haverá profissionais disponibilizando produtos de higienização para os sapatos, além de uma câmera termográfica para aferir a temperatura dos clientes.

Além disso, quem frequentar os shoppings deverá obedecer ao distanciamento nas escadas rolantes e o número máximo de pessoas dentro de elevadores. Ao todo, foram estabelecidos cerca de 40 protocolos para que a segurança seja garantida.

Clique para baixar a íntegra do decreto municipal.

É importante ressaltar que, apesar da autorização de funcionamento para os shoppings, o novo decreto não autoriza a reabertura dos cinemas. As praças de alimentação, por sua vez, só poderão funcionar no sistema “pague e leve”, sendo proibido o consumo no local.

Camelódromos

Os camelódromos terão marcações no piso para facilitar o distanciamento social e totens com álcool em gel espalhados em vários pontos para uso dos clientes. Além disso, a entrada de pessoas será controlada.

Região da 44

Ainda de acordo com o novo decreto municipal, a região da 44 só poderá voltar a funcionar a partir do dia 30 de junho. De acordo com a prefeitura, por se tratar de um ‘shopping a céu aberto’, o critério nesta região, será bastante rigoroso. O superintendente de Desenvolvimento Tecnológico e Informação de Goiânia, Walison Moreira, informou ainda que a região está sendo preparada com barreiras sanitárias.


Via: Mais Goiás


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG