Últimas Notícias


quinta-feira, 16 de julho de 2020

Estado lança plataforma para receber colaborações na área de tecnologia

Portal é uma plataforma colaborativa que reúne dados abertos para que toda a sociedade utilize dados e informações públicas sobre diversos temas



Encerrada no último fim de semana, a Campus Party Digital Goiás deixou uma contribuição para o Estado na área de tecnologia. Lançada para a realização do Hackathon Goiás Digital, a Plataforma de Dados Abertos do Estado, disponível no endereço www.dadosabertos.go.gov.br , serviu de fonte de informação para os participantes do desafio durante o evento, mas, a partir de agora ficará permanentemente disponível para profissionais de TI e toda a sociedade.

“A comunidade tecnológica pode atuar em prol da sociedade. Imagina a quantidade de talentos que participaram do hackathon. Então, por que não convidá-los para resolver problemas da própria sociedade? Acredito que é assim que vamos fazer um reset e criar um mundo melhor”, avalia o subsecretário de Tecnologia da Informação da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação, Celso Camilo.

O subsecretário da Sedi explicou ainda que o objetivo de deixar a plataforma acessível após o fim da Campus Party é o de permitir iniciativas como, por exemplo, estudos acadêmicos e desenvolvimento de novos negócios a partir dos dados disponíveis.

Celso Camilo reforçou ainda que o Portal de Dados Abertos deve promover uma aproximação entre o governo e a sociedade, já que qualquer pessoa pode acessar e, caso seja profissional da área, até desenvolver aplicações para resolver problemas cotidianos.

Atualmente, já são mais de 40 datasets (conjunto de dados) de áreas como saúde, educação, transparência, social e do agronegócio, sendo alguns em parceria com entidades como a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e órgãos estaduais, como a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

Hackathon Goiás Digital

Uma das ações exclusivas do Estado nos três dias de programação da Campus Party Digital foi o Hackathon Goiás Digital, que utilizou a plataforma de dados abertos como fonte de informação para a criação de soluções tecnológicas para problemas sociais e econômicos do Estado.

Em primeiro lugar, ficou a equipe SmartMuu, que participou do desafio Bovinocultura de Corte com foco no sistema de rastreamento. A solução encontrada pelo grupo foi o desenvolvimento de um sensor inteligente de monitoramento capaz de rastrear, em tempo real, a localização de animais perdidos ou roubados, além de compartilhar informações sobre o rebanho com frigoríficos ou consumidor final.

A segunda colocada foi a equipe LedThinking, cujo tema do desafio foi o equilíbrio entre economia e isolamento social. O produto desenvolvido foi a Fionect, uma plataforma para conectar micro e pequenos empreendedores ao conhecimento.

O terceiro lugar ficou com a equipe Yggdrasil, que desenvolveu o iHort, um Market place que conecta os produtores aos consumidores, oferecendo consultorias online com especialistas na área de gestão, produção e comercialização de produtos.

Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) - Governo de Goiás


Via: Governo de Goiás


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG