Últimas Notícias


sexta-feira, 3 de julho de 2020

Hospital São Marcos, de Itumbiara, é reaberto inicialmente para receber pacientes da Covid-19

Em entrevista à RBC, superintendente da Secretaria da Saúde diz que, após passar a pandemia, a unidade hospital que foi estadualizada será reestruturada para oferecer vários outros serviços e especialidades médicas



Depois de anos de portas fechadas, o Hospital São Marcos, de Itumbiara, foi reaberto no início deste mês para o atendimento à população. A unidade hospitalar passou por uma reestruturação para receber pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19 da cidade e região.

O superintendente de Ação Integrada da Saúde da Secretaria Estadual da Saúde (SES), Sandro Rodrigues, concedeu entrevista nesta sexta-feira, dia 3, ao programa O Mundo em sua Casa das rádios Brasil Central e RBC FM. Ele disse aos entrevistadores Emmerson Kran e Lucas Nogueira que, após superada a pandemia, o Hospital São Marcos passará por nova reestruturação e entrará em uma segunda fase, onde oferecerá vários outros serviços e especialidades médicas.

Primeira fase

Nesta primeira fase, na qual está operando como Hospital de Campanha da Covid-19, o São Marcos trabalha com capacidade inicial de 20 leitos de UTI e 50 de enfermaria. Na segunda fase, explicou o superintendente da SES, o propósito é que o estabelecimento se torne um hospital grande, com média de 200 leitos, dos quais 30 de UTI e 170 de enfermaria, e com vários serviços, tais como cardiologia, neurologia e outros, conforme a necessidade da população da cidade e região.

Sandro Rodrigues explicou que o Hospital São Marcos foi cedido judicialmente para a Secretaria de Estado da Saúde e está incluído no processo de regionalização da Saúde, proposto pelo governador e pelo secretário da área. Desse modo, este processo foi acelerado e inicialmente o espaço foi organizado para atender a necessidade de maior oferta de leitos durante a pandemia.

Prioridade

Como o hospital é estadual, poderá receber paciente de todos os 246 municípios goianos. Afirmou, entretanto, que têm prioridade os pacientes da Regional de Saúde Centro Sudeste, que inclui Itumbiara e outros municípios, como Catalão e até Aparecida de Goiânia, dentro da própria regionalização (da Saúde).

“Mas, se for necessário, a gente pode inclusive pegar um paciente de Porangatu e levar para internação no hospital (São Marcos)”, explicou. Esclareceu que é um hospital estadual sediado em Itumbiara, mas não especificamente destinado somente aos habitantes daquela cidade, e sim para o Estado como um tudo, preferencialmente desta macrorregião (Centro Sudeste).

https://www.abc.go.gov.br/noticias/hospital-sao-marcos-de-itumbiara-e-reaberto-inicialmente-para-receber-pacientes-da-covid-19.html​

Mais informações: (62) 3201-7655


Via: Governo de Goiás


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG