Últimas Notícias


sábado, 27 de março de 2021

Comércio volta a funcionar na próxima quarta-feira em Goiânia

Prefeitura definiu a abertura das atividades por 14 dias em acordo com representantes do Governo de Goiás e do setor produtivo




O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, se reuniu neste sábado (27/3) com representantes do Governo de Goiás, da Câmara Municipal e do setor produtivo para anunciar as novas medidas de enfrentamento à Covid-19 na capital. No encotro, foi apresentado o modelo de revezamento 14x14, com abertura das atividades econômicas da capital na próxima quarta-feira (31/3).


“O empenho de cada um de vocês é de extrema importância para chamarmos todos à responsabilidade. Devemos cumprir rigorosamente os cuidados preventivos para reduzirmos os índices de contaminação e, quem sabe, manter nossa cidade aberta. Só com união vamos vencer este vírus”, ressaltou o prefeito Rogério Cruz.


Representando o governador Ronaldo Caiado, o secretário estadual de Governo, Ernesto Roller, destacou a importância da parceria das duas esferas durante a pandemia. "O prefeito Rogério Cruz mostrou espírito republicano diante de medidas duras no enfrentamento à Covid-19, o governo do estado estará sempre ao lado da prefeitura, e assim, vencermos juntos essa crise", afirmou.

{{ADS001}}

O protagonismo do prefeito Rogério Cruz foi destacado pelos empresários, que reconheceram a sensibilidade do chefe do executivo municipal em relação as preocupações do setor econômico. “Esse trabalho está sendo construído, com a mestria do nosso gestor, que já nos chamou para conversar duas vezes nesta semana. Quero dizer, que se fosse oito horas da noite, nós estaríamos aqui. Você pode contar conosco, prefeito”, frisou Chrystiano Câmara, presidente da AER44.


O secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, seguiu a mesma linha do seu colega Ernesto Roller e afirmou que deve prevalecer o espírito de união para vencer a pandemia. "Essa união de medidas é uma segurança para população, não ficarão mais dúvidas sobre qual decreto seguir", defendeu Alexandrino.


Com esse modelo adotado, Goiânia passa acompanhar as medidas do Governo do Estado, que é de abertura das atividades de 14 em 14 dias. As atuais regras duram até a próxima terça-feira (30/3). No dia seguinte passa a valer o novo de decreto que será divulgado nas próximas horas pela gestão municipal.


Fiscalização


Segundo o último balanço das ações fiscais da Central de Fiscalização da Prefeitura de Goiânia, já foram realizadas 12.003 abordagens, 1.264 notificações, 188 autuações, 939 fechamentos e 9 desmontagens de feiras.


Vagas de leitos


Até às 18h deste sábado (27/3), Goiânia contava com 94% de ocupação dos leitos de UTI, e o mesmo percentual de vagas de enfermaria. Desde o início do ano, a Secretaria de Saúde de Goiânia, abriu 160 leitos de unidade de terapia intensiva, vagas administradas pela gestão municipal.


Diego Reis, da Diretoria de Jornalismo


Fonte: Prefeitura de Goiânia


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG