Últimas Notícias


segunda-feira, 29 de março de 2021

Restrição no transporte coletivo continua a partir de 4ª-feira

Permanece embarque prioritário na Grande Goiânia destinado aos trabalhadores de atividades essenciais nos horários de pico da manhã e da tarde. Para aprimorar ação, que possibilitou redução do fluxo nos períodos de maior aglomeração, sistema adotará bloqueio de cartão de usuários que testarem positivo para Covid-19 e liberação automática daqueles que tomarem segunda dose da vacina



O embarque prioritário no transporte coletivo da Grande Goiânia destinado aos trabalhadores de atividades essenciais nos horários de pico da manhã e da tarde continua valendo a partir da próxima quarta-feira (31/03), quando termina o período de 14 dias de maior restrição previsto no decreto estadual. Para aprimorar a ação, que possibilitou a redução do fluxo de pessoas nos períodos de maior aglomeração, a Secretaria-Geral da Governadoria (SGG) articulou a implementação de três medidas adicionais.

{{ADS001}}

Por meio do cruzamento do CPF dos usuários, aqueles que tiverem tomado a segunda dose da vacina contra a Covid-19 estarão liberados automaticamente, 15 dias após a imunização, para entrar em terminais e ônibus em qualquer horário. Já as pessoas que testarem positivo terão o cartão de acesso totalmente bloqueado, em qualquer horário, pelo período de 15 dias.


Tanto a liberação quanto o bloqueio serão possíveis por meio do cruzamento do banco de dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) como o do sistema do Cartão Fácil/Sitpass, adotado pelas empresas de transporte na Região Metropolitana de Goiânia. "É mais uma vez a tecnologia a serviço do poder público e do controle da pandemia", afirma o titular da SGG, Adriano da Rocha Lima.


A partir de agora, também haverá a necessidade de comprovação no cadastro emergencial. Será dado um prazo de 48 horas para que os cadastrados apresentem comprovante de que exercem alguma atividade essencial. "Nós, num primeiro momento, demos a oportunidade para que as pessoas que não tivessem algum documento ou crachá fizessem apenas uma justificativa, mas tivemos um excesso na quantidade de justificativas. Do total de 90 mil usuários, cerca de 40 mil não apresentaram nenhum tipo de comprovação, o que ficou muito acima do esperado", explica o secretário.


Adriano diz que a permanência da restrição não prejudica o trabalhador, pois há a previsão de escalonamento no horário das atividades econômicas. "É uma medida que não impede ninguém de trabalhar, ele simplesmente redistribui o fluxo de passageiros", destaca.


Horários

O bloqueio eletrônico dos cartões de embarque ocorre das 5h45 às 7h15 e das 16h45 às 18h15. O cadastro de trabalhadores de serviços essenciais ou de pessoas em atividades essenciais (como situações de urgência e emergência) pode ser feito a qualquer momento pelo site www.rmtcgoiania.com.br/embarqueprioritario. Nos casos de problemas, o usuário deve entrar em contato com o 0800 648 2222, número da RMTC disponível para esclarecer dúvidas.


Secretaria-Geral da Governadoria (SGG) - Governo de Goiás


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG